Home
Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores
 

Juarez Monti

Em outros tempos, o Jornal de Cajuru tinha você como colunista, uma honra e, claro, de muito valor, afinal era você quem levava aos nossos leitores uma análise política sempre de forma inteligente e com muito humor, o que provocava um prazer e reflexão para todos.
Juarez foi um homem de grande valor para todos, familiares, amigos, profissionais da área da educação que com ele trabalharam, companheiros militantes e batalhadores por um mundo melhor.
Ele sempre teve uma sabedoria ímpar aliada a um humor inteligente, o que tornava os papos, debates e conversas muito interessantes, além do sabor de quero mais que sempre ficava, como agora, todos desejando que você ficasse mais um tempinho por aqui. Mas quem decide está acima de todos.
Aquele que teve a oportunidade de desfrutar desta amizade, de conviver, de aprender e absorver dele tantos ensinamentos sabe muito bem como tinha saídas simples para situações difíceis ou complexas, para ele e com ele a vida ficava mais leve, os dias tinham mais alegria e os sonhos se aproximavam da realidade.
Seu jeito tranquilo, suas histórias, seus sonhos e ideais, sua amizade transparente, seu amor pela família, o bom senso, o desejo por um mundo sem corrupção, sem egoísmo, sem ganância, o desejo por um mundo igualitário e de paz sempre foram constantes, sempre fizeram parte de sua vida por aqui.
Cada um guarda uma lembrança, uma memória, uma aprendizagem, e principalmente, muita saudade. Então, cremos que o melhor agradecimento a ele é fazer com que os seus exemplos possam frutificar em nossa jornada. Valeu, companheiro Juarez!

 

Família Morgado pelo Jornal de Cajuru