Home
Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores
 

Operação relâmpago da PM recolheu drogas e prendeu envolvidos com tráfico em Cajuru

Da redação:
Sexta-feira, 10 de agosto. Os ponteiros dos relógios apontavam para as seis horas da manhã quando as primeiras equipes da Policia Militar começavam as abordagens em vários bairros da cidade, a procura de drogas e de pessoas envolvidas com o comércio de substâncias ilícitas.
A “Operação Cajuru”, como foi denominada, começou a ser montada a partir de informações anônimas e levantadas pelo serviço de inteligência da PM que vinha trabalhando na cidade há vários meses, até que com a confirmação das informações referente aos pontos e pessoas envolvidas com o tráfico, através de oficio, a PM solicitou à Justiça a emissão dos mandatos de busca.
De posse dos mandatos de busca e apreensão, 9 no total, em sigilo absoluto, sob o comando do capitão Walter Gustavo da Silva, foi então marcada a data da operação que contou com 35 policiais, além do canil da PM que participou com seus cães treinados para encontrar entorpecentes.
De acordo com o comandante do pelotão de Cajuru, sargento Ronaldo Pereira, dez residências foram vistoriadas resultando com isso a prisão de cinco homens, que ainda estão presos e à disposição da Justiça. No mesmo dia, também foram detidas quatro menores flagradas por tráfico de drogas e liberadas em seguida aos genitores.
Além das prisões, a operação resgatou pouco mais de 3 mil reais em dinheiro, 439 cápsulas e 46 embalagens contendo cocaína, 194 pedras de crack, além de 68 porções de maconha.
Com a operação atingindo os momentos finais, uma denúncia anônima conduziu a PM para um estabelecimento onde foi apreendido 1200 cigarros avulsos oriundo do Paraguai e um revólver calibre 38 com os seis tambores carregado de munição. Neste caso o proprietário foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e contrabando e foi liberado em seguida após pagar fiança.