Home

Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores

 

Região reuniu-se em Santa Cruz na Queima do Alho

Da redação
“Uma festa para ninguém botar defeito”. Esta foi a frase mais dita entre os visitantes que estiveram em Santa Cruz da Esperança no último final de semana para curtir a 6ª Queima do Alho que, de acordo com a Polícia Militar, a festa atraiu para a cidade 18 mil pessoas. Para se ter uma ideia do que representa este número, no domingo por volta das 12 horas já não havia vagas para estacionar veículos nas ruas que compõem o centro da cidade e a partir de então a solução foi procurar vaga nos bairros.
Em comparação com o ano anterior, a estrutura e o espaço físico, praticamente dobraram, e o aumento também aconteceu com a quantidade de alimentos como no caso das costelas que tiveram um salto de 30 unidades para 50 este ano, o mesmo aconteceu com os porcos que foi de 15 para 20 unidades, tudo com qualidade selecionada adquirida diretamente do frigorifico.
Outra atração dos anos anteriores e que foi mantida e reforçada para este ano foi a fabricação na hora de goiabada no tacho, biscoito e pão caseiro no forno a lenha, batida, melado, rapadura e garapa, neste caso os visitantes puderam acompanhar a fabricação a partir da moagem da cana.
Oito comitivas de cidades da região marcaram suas presenças concorrendo com suas comidas preparadas ali na hora e no final as três primeiras foram:1º lugar-Velho Jeco de Santa Cruz da Esperança, 2º lugar-Mulandeiros de Ribeirão Preto e 3º lugar- Velho Sinueiro de Bonfim Paulista.
No total, 150 pessoas abriram mão de seus afazeres, doaram seu tempo para trabalhar e vestiram a camisa do evento. O grande orgulho dos organizadores é que, pelo porte e a dimensão, não houve nenhuma ocorrência de confusão.
Para o prefeito Dimar de Brito, “a Queima do Alho de Santa Cruz da Esperança é o maior evento de resgate da cultura sertaneja da região, onde os jovens tem a oportunidade de conhecer coisas que fizeram parte da vida dos nossos antepassados”, “isso não tem preço”, finalizou o prefeito.