Home

Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores

 

Assaltantes invadiram farmácia, renderam funcionárias e se entregaram à polícia

Foram necessários 40 minutos de negociação até que os assaltantes se entregassem

Da redação
Eram por volta das 11 horas da manhã da última segunda-feira, 8/7, quando uma moto estacionou em frente da única farmácia do bairro Jardim Maria Tereza (piscina) e os dois ocupantes desceram, entraram no estabelecimento portando revólver anunciaram o assalto. Naquele momento, havia uma fila com mais de uma dezena de clientes que ali estavam para pagar contas diversas, além de outros no balcão para comprar medicamentos.
Enquanto um dos assaltantes estava no balcão com a arma apontada para as funcionárias, o outro ficou encostado na porta de entrada também apontado a arma para os clientes. Sem oferecer nenhuma reação, as duas funcionárias entregaram todo o dinheiro que havia no caixa, e já com o dinheiro em seu poder, ao saírem do estabelecimento em direção à moto, os assaltantes deram de cara com uma equipe da Policia Militar, que ao passar em patrulhamento perceberam a movimentação estranha e, já com arma em punho, os policiais PM Manoel e cabo Bernardes se colocaram na entrada da farmácia.
Com a frente ocupada pela polícia, os dois indivíduos se dirigiram para a sala dos fundos e as duas funcionárias deitaram no chão do lado de dentro do balcão, foi neste momento que deu início a fase mais importante deste episódio inédito na história policial de Cajuru. O cabo Bernardes começou a negociação com os dois assaltantes que negavam se entregarem ameaçando atirar na direção das funcionárias até que depois de aproximadamente 40 minutos, de muita habilidade por parte do cabo Bernardes, os assaltantes jogaram os revólveres, deitaram no chão e se entregaram à polícia.
Neste caso em especial, vale ressaltar que o êxito total e o sucesso desta ação policial se deve principalmente ao tirocínio dos policiais que estavam numa ronda normal pelo bairro e que perceberam o movimento estranho na farmácia e, foi graças à competência destes policiais que tudo terminou sem nenhum tiro disparado e a vida das vítimas preservadas. Importante também registrar a participação dos PMs sargento Ronaldo, cabos Gerson e Osvaldo, soldado Marcelo Silva, além das equipes da PM de Cássia dos Coqueiros, Santa Cruz da Esperança, Altinópolis e Força Tática de Ribeirão que vieram dar apoio, num total de 30 policiais envolvidos.
Após a rendição, a identificação dos assaltantes apontou tratar de Renato C. Rodrigues, de 35 anos e Wesley de Souza Quintino, de 24 anos, ambos naturais de São Sebastião do Paraíso, sendo que Wesley estava residindo em Cajuru há pouco tempo.
Os dois indivíduos estão com mandado de prisão por roubo em São Sebastião do Paraíso e agora por mais este assalto em Cajuru, após audiência de custódia, os dois foram recolhidos ao CDP-Centro de Detenção Provisória de Serra Azul sob acusação de porte ilegal de arma de fogo (dois revólveres calibre 38 carregados), roubo e retenção de vítima, receptação (moto roubada) e foragidos da Justiça.
Na tarde de ontem, falamos com Gerson dos Reis Bicego, um dos proprietários da farmácia sobre o episódio. O empresário disse estar agradecido à atuação da Policia Militar de Cajuru que conduziu tudo com muita competência e profissionalismo e também agradecido a Deus por todos os envolvidos terem saído sem nenhum ferimento e, que pelo menos por enquanto, o estabelecimento não estará recebendo contas, restringindo-se somente na venda de medicamentos.