Home
Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores

 

 

Rede entupiu e esgoto invadiu interior de residência

Da redação
Eram 13h30m de quinta-feira (14/3), uma forte chuva caía sobre a cidade naquele momento. De repente, Vera Belini que é moradora do número 60 da rua Expedicionário, no Jardim Maria Goretti, percebeu um forte mau cheiro que dominava o interior de sua residência, ao sair do seu quarto em direção à sala e cozinha se deparou com uma inundação de esgoto invadindo e se espalhando em grande velocidade.
Pega de surpresa, Vera começou a pedir socorro aos vizinhos e a ligar para amigos e parentes, mas como tudo foi muito rápido e, necessitada de ação imediata, a própria resolveu enfrentar a situação e ,sem muito tempo para pensar, começou a guerrear contra aquele material desagradável. Praticamente todos os cômodos da residência foi invadido pelas fezes.
A Sabesp esteve no local e utilizando de varetas desentupiu a rede de esgoto no centro da rua e depois de muito trabalho Vera finalizou a limpeza do interior de sua residência.
Passado a problema, agora a grande preocupação da moradora é com relação aos riscos de contaminação por doenças transmitidas pelo contato com o esgoto. Neste caso, Vera está aguardando as vacinas, e quanto ao problema da invasão do esgoto na residência, a explicação é de que a origem está nas residências que ilegalmente ligam a saída de águas fluviais diretamente na rede de esgoto levando com isso materiais como buchas, pedaços de tecidos, plástico e vários outros, que provocam o entupimento das referidas redes, principalmente em épocas de grande volume de chuvas, como no dia em que ocorreu o problema da rua Expedicionário, que com a rede obstruída, o esgoto achou a saída justamente na casa de Vera Belini.
A Sabesp já enviou uma equipe para dedetizar o interior da residência e nos próximos dias deverá ser instalada na calçada uma válvula de retenção e com isso, vamos torcer para que nossa amiga Vera não tenha que enfrentar novamente esta situação desagradabilíssima.