Home
Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores

 

 

Vacinação contra raiva está a todo vapor em Cajuru e Sta. Cruz

Ainda teremos mais dois dias de vacinação em Cajuru
Animais sendo vacinados em Cajuru e Santa Cruz da Esperança, mas a campanha continua nas duas cidades
Da redação
Muito embora a raiva animal seja uma doença controlada no Brasil, a vacinação é fundamental para a prevenção e a primeira dose deve ser aplicada a partir dos três primeiros meses de vida.
A raiva é uma doença fatal e acomete todos os mamíferos, podendo inclusive afetar os humanos. A vacinação é a principal medida para o controle da doença no meio urbano e rural.
A vacina em cães e gatos é gratuita e já está acontecendo em Cajuru desde o dia 20 de julho e passou por oito bairros.
Para você que ainda não levou seu animalzinho querido para vacinar, ainda dá tempo. Os últimos dois dias que a equipe da Vigilância epidemiológica do município estará atuando no setor urbano da cidade será no próximo dia 6 de agosto, segunda-feira, nos bairros da Cruz Alta e Boqueirão, em seguida, no dia 10 de agosto, sexta-feira, na sede da Vigilância Sanitária, localizada na rua Barão do Rio Branco, nos seguintes horários: período da manhã, das 8 horas às 11horas e à tarde, das 12 horas às 16 horas. É sempre importante levar a carteirinha de registro das vacinas anteriores.
Entre os principais transmissores da raiva, estão os morcegos, macacos e gambás, animais silvestres que quando em contato com cachorros, gatos e humanos podem infectá-los com o vírus da doença, principalmente através da mordida, pois a saliva dos animais infectados contém o vírus rábico.
Após o encerramento da campanha de vacinação no setor urbano, a equipe da Vigilância começará a percorrer o setor rural, em chácaras, sítios e fazendas do município.
EM SANTA CRUZ DA ESPERANÇA
Durante o mês de julho e neste início de agosto, a equipe de vacinação de Santa Cruz da Esperança percorreu a zona rural e urbana do município para realizar a vacina antirrábica.
Ao todo, já foram vacinados 720 animais entre cães e gatos.
A iniciativa de fazer a vacina nas casas e sítios foi de grande importância para se atingir as metas propostas, visto que muitas vezes os donos de animais encontram dificuldades em levá-los até os postos de vacinação.