Home

Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores

 

Após 60 anos família encontra idoso em Cássia dos Coqueiros

No centro os irmãos Helena e Matias que se reencoaantraram em Cássia dos Coqueiros após 60 anos

Da redação
Esta história incrível começou em 1958, na cidade de Coruripe, no estado de Alagoas, quando aos 19 anos de idade o jovem Matias José Lima de Oliveira veio para São Paulo em busca de trabalho e melhores condições de vida, deixando para traz seus pais e uma irmandade de 20 irmãos.
Os anos passaram, a idade avançou e a necessidade de trabalho e sobrevivência obrigou Matias a ir se deslocando de cidade em cidade, passando por Mococa e finalmente em Cássia dos Coqueiros, onde já com idade avançada e saúde debilitada, em estado de vulnerabilidade, foi internado no Lar dos Velhos da cidade onde permanece há 11 anos.
Sem documentos, com vários problemas de saúde e memória enfraquecida, entrou na vida de Matias a figura do presidente do Lar dos Idosos de Cássia, Milton Furquim, que começou a se dedicar para conseguir documentos para o interno da entidade. E o primeiro passo foi através de telefone contatar os cartórios da cidade de Coruripe, onde Matias dizia ter nascido. Após muitos telefonemas, finalmente uma resposta positiva, o nascimento havia sido localizado no livro de registro do cartório, o que permitiu então se conseguir uma pensão do INSS.
Inconformados com o desaparecimento, há tantos anos, um sobrinho lá de Alagoas contratou uma empresa especializada, que após um bom período rastreando as localidades por onde Matias havia passado, conseguiu localizar em Cássia dos Coqueiros o parente desaparecido há 60 anos. A notícia logo se espalhou causando uma verdadeira euforia no seio da família que imediatamente entrou em contato com a entidade de Cássia, e o primeiro encontro aconteceu na quarta-feira desta semana, 01/08, entre Matias e sua irmã Helena de Oliveira Ferreira, de 63 anos, e que nem tinha lembrança do irmão, visto que quando eles se separaram ela tinha apenas três anos de idade. Atualmente Helena vive com sua família em Mogi das Cruzes.
A família pretende levar Matias de volta para Coruripe o mais rápido possível. As passagens de avião já estão sendo providenciadas e uma grande festa preparada para recebê-lo, 60 anos depois.
Esta é uma bela história que teve um final feliz, e sem dúvida, deve-se ressaltar a importância do Lar do Idosos de Cássia dos Coqueiros, que há 25 anos vem cuidando e acolhendo os idosos da cidade, sob a coordenação de seu presidente Milton Furquim, que dedica boa parte do seu precioso tempo a essa causa tão nobre, que é cuidar e zelar pela vida dos idosos.