Home

Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores

 

Missionários salesianos estiveram em Cajuru durante oito dias

No final a alegria estampada no rosto com a sensação de missão cumprida e a experiência que cada jovem levará para o resto de suas vidas, certamente serão cidadãos diferenciados Pe. Gil recebeu uma imagem de Dom Bosco como lembrança dos Missionários

Da redação
Eles saíram de Campinas, onde vivem e estudam, e vieram para Cajuru onde permaneceram durante oito dias, de 14 a 22 de julho participando da Semana Missionária Salesiana. São alunos do ensino médio, com idade entre 15 e 17 anos.
No total, e simultaneamente, oito cidades do estado de São Paulo recebem a visita dos missionários com o propósito principal de promover o amor através da evangelização.
Em Cajuru, o grupo de missionários, que contou com 100 jovens, foram distribuídos da seguinte forma: 30 no Cristo Rei, na escola André Ruggeri; 40 na Santa Terezinha, na escola Lólia da Fonseca; 30 no Dom Bosco, na escola Januário Benvenuto; onde tomavam banho, dormiam e se alimentavam.
Além dos jovens missionários, dois padres e três irmãs, todos Salesianos, se integraram às comunidades da cidade e desenvolveram várias atividades como visitas de bênçãos e evangelização no hospital, Lar dos Velhos, nas casas das fazendas e nos bairros, onde além de celebrações religiosas, promoveram também atividades recreativas para as crianças através de oficinas de artesanato.
De acordo com o coordenador da missão, Rafael Duarte Belletti, a partir do momento que se define as cidades para onde os missionários se dirigirão, com quatro meses de antecedência, já se iniciam, na origem, ou seja lá em Campinas, as campanhas para arrecadar alimentos e recursos para cobrir as despesas com transportes.
O trabalho dos missionários tem como objetivo fazer com que o jovem ofereça, em seu período de férias, uma doação do seu tempo para o encontro com Deus no próximo e ao mesmo tempo acontecendo o crescimento espiritual para a vida, superando o egoísmo através do exercício da vida comunitária compartilhada. No soma dos dias que aqui permaneceram, os missionários visitaram 700 moradias, onde abençoaram e oraram pelo enfermos. Durante a permanência, ainda reformaram e revitalizaram os espaços da escolas onde se hospedaram.
No domingo, 22/7, para encerrar a Missão, aconteceu uma Missa em Ação de Graças na matriz de Cristo Rei, quando todos se reuniram: a comunidade cajuruense e os missionários para comemorar, agradecer e celebrar tudo de bom que aconteceu durante a semana. Foram momentos emocionantes com depoimentos de representantes dos missionários e de cajuruenses.
Em sua fala, com a voz embargada, assistimos ao Padre Gil agradecer o trabalho desenvolvido, com a missão cumprida, dizendo estar radiante de felicidade, quando foi aplaudido de pé. Encerrada a celebração, todos se confraternizaram com fortes abraços e em seguida os missionários partiram para Campinas, ao encontro de suas famílias.
Falando ao Jornal de Cajuru, Padre Gil disse que realizou um sonho que é oferecer no período de férias, principalmente às crianças, atividades recreativas, que ao mesmo tempo conduzisse para a evangelização, “e foi o que aconteceu nestes últimos dias”. Irradiando felicidade, finalizou Pe. Nivaldo Gil que aproveitou para agradecer a prefeitura em especial a secretaria municipal de educação que cedeu as três escolas que alojou os Missionários.