Home
Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores
 

Altinopolense é o novo comandante da região em Ribeirão Preto

Usar ferramentas inteligentes para mapeamento da criminalidade a favor da comunidade

O coronel da Policia Militar Carlos Alberto Machado é o novo comandante da Policia Militar da região de Ribeirão Preto. A nomeação feita pelo governador de São Paulo Márcio França foi publicada no Diário Oficial do dia 28 de abril.
Vale ressaltar que a região de Ribeirão Preto é composta por 93 municípios, estando portanto, entre um dos maiores comandos do estado de São Paulo.
O coronel Carlos Alberto formou-se na Academia da Policia Militar do Barro Branco em dezembro de 1989 e de lá para cá, ocupou todos os postos da Polícia Militar até chegar ao cargo máximo, o de coronel, em maio de 2017, quando comandou a região de Osasco, um importante polo econômico do estado e posteriormente foi designado para comandar a região de Araçatuba, no interior do Estado.
Assumindo o comando da região de Ribeirão Preto com índices criminais estabilizados, tem como meta continuar trabalhando para servir e proteger a sociedade que reside ou visita a região nordeste paulista utilizando principalmente os conhecimento de especialista em inteligência policial.
O novo comandante conta com o apoio de toda população para que participe ativamente do contexto de segurança pública buscando a parceria necessária entre Policia Militar e sociedade aliada à tecnologia para que juntos possam manter e incentivar as boas práticas para melhor qualidade de vida de todos.
“Para fazer polícia, tem que gostar de gente! O maior patrimônio da polícia, é o seu policial”, definiu o novo comandante que tem como uma de suas metas a valorização da tropa. E completou, “Por de traz de um colete há um ser humano dotado de virtudes, anseios, defeitos e limitações, mas que, bem preparado e motivado, buscará as melhores soluções necessárias para a segurança nas localidades”.
Filho da região, o coronel Carlos Alberto chega com o compromisso de fazer a diferença na vida dos mais de quatro milhões de habitantes da região de seu comando.
Nos próximos dias a passagem oficial de comando será anunciada e algumas visitas pontuais acontecerão às autoridades buscando maior integração entre os órgãos.