Home
Artigos
Giro Noturno
Contato
Edições Anteriores
 

Grande volume de chuvas e fortes rajadas de ventos deixam estragos na cidade

O grande volume de água e a força da correnteza danificou parte da canalização do córrego Cajuru e agora ameaça um dos lados da avenida

No final da tarde de quinta-feira nova rajada de vento derrubou várias árvores no interior e no entorno do cemitério

Da redação
Os estragos começaram no final do ano quando uma tempestade bem localizada atingiu em cheio parte da região sul da cidade que compreende o bairro da Cohab, fundos da Vila Vieira e bairro do Cruzeiro destelhando casas, barracões, derrubando e retorcendo árvores.
Mais recentemente, na noite de cinco para seis de janeiro uma forte e prolongada chuva provocou inundações em alguns pontos do córrego Cajuru. Na ponte que liga o bairro Santo Antônio ao Jardim Maria Tereza o volume de água e a força da correnteza foi tão forte que abalou uma das alas de sustentação obrigando a prefeitura a interditar uma via da referida ponte. A mesma chuva volumosa danificou uma das laterais do córrego no trecho entre as ruas Luiz Ruggeri e Elias Moises. De acordo com o secretário de obras, Sebastião Silva, este caso necessita de uma ação mais rápida visto que uma das laterais da avenida Rubens de Carvalho Ferreira está em risco de desabamento mas, o secretário disse que para se trabalhar no local se faz necessário que a chuva dê um tempo, visto que no local o primeiro serviço deve ser uma ancoragem de madeira para conter o aterro e só então fazer uma concretagem que deverá se estender para a outra lateral do córrego onde também já se iniciou outro estrago.
No final da tarde desta quinta-feira (11/01), por volta das 16 horas, novamente uma rajada de vento atingiu a mesma região sul da cidade. Diversas árvores foram derrubadas inclusive com as raízes, no cemitério municipal, nos sítios e chácaras ao redor e locais que margeiam o rio das Mortes. Neste caso, a rede elétrica também foi atingida e a fiação se espalhou pelo chão oferecendo ainda mais perigo.